O discurso da crítica jornalística sobre Iberê Camargo no ano da morte do artista

Gisele Dotto Reginato, Isabel Leivas Waquil

Resumo


O objetivo deste artigo é analisar a construção de sentidos sobre Iberê Camargo no discurso da crítica veiculada em jornais brasileiros no ano da morte do artista, 1994. A pesquisa foi desenvolvida em um corpus de 15 documentos oriundos da Hemeroteca da Fundação Iberê Camargo. Partimos de uma perspectiva construcionista do jornalismo, entendendo que a linguagem atua na construção de sentidos e que a subjetividade do sujeito opera na construção e na seleção de conteúdos. Através do aporte teórico-metodológico da Análise do Discurso, encontramos quatro formações discursivas nas quais predominam os seguintes sentidos em relação ao artista: O Grandioso, O Trágico, O Lutador e O Polemista. Além disso, constatamos que o discurso do herói se fez presente nos quatro sentidos encontrados e aprofundamos outras questões que compõem essas discursividades.

Palavras-chave: jornalismo, crítica jornalística, discurso, Iberê Camargo.


Texto completo: PDF



ISSN: 1806-6925 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122

Projeto Gráfico: Jully Rodrigues

Crossref Member Badge
Crossref Similarity Check logo
Locations of visitors to this page