Caosmose, desterritorialização e amorosidade na comunicação

Maria Luiza Cardinale Baptista

Resumo


O texto apresenta a reflexão sobre o conceito de comunicação a partir dos processos de caosmose, desterritorialização e amorosidade. Decorre de estudos que vêm sendo realizados na Universidade de Caxias do Sul, nos cursos de Comunicação Social e no Mestrado em Turismo, com uma perspectiva transdisciplinar, envolvendo especialmente Epistemologia do Conhecimento; Teorias da Comunicação, com orientação para a Complexidade; Teorias de Subjetividade, com foco na Esquizoanálise; e a perspectiva da Biologia Amorosa e do Conhecimento, de Humberto Maturana, para a reflexão ética e social a respeito da amorosidade. A proposição é coerente com o caráter complexo e caosmótico dos fenômenos comunicacionais, considerados como ‘acontecimentos’ que resultam de processos de desterritorialização e de encontros de corpos afetivados.

Palavras-chave


comunicação; caosmose; amorosidade

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .