Filosofia da comunicação e da poesia

Florence Dravet, Gustavo de Castro

Resumo


Neste artigo, desenvolvemos conceitualmente a relação entre poesia e pensamento, aqui chamado de razão-poesia e o seu modo de ser conectivo, religador, em uma perspectiva ética, educacional e metodológica. Apresentamos as ideias de limiar de Walter Benjamin e deconexões flexíveis, puras e completas na perspectiva de Rilke e Heidegger, como modos de comunicação desenvolvidos pela linguagem para dizer a si mesmo no universo do Aberto. Após identificarmos o lugar de expressão dessas conexões nas zonas limiares da literatura e da poesia, concluímos que tais conexões são capazes de fazer interagir filosofia, poesia e ciência, por um lado, e homem, natureza e cultura, por outro, como estruturas fundantes de uma filosofia comunicacional.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .