A memória e o mundo da vida na recepção mediática: uma abordagem fenomenológica

João Carlos Correia

Resumo


O texto enfatiza a centralidade da memória e da vida quotidiana para analisar a recepção mediática como prática social que intervém na criação de significados partilhados e na constituição de identidades. Recorre-se a entrevistas realizadas no âmbito do projeto Media, recepção e memória que investiga a recepção dos media em Portugal entre as décadas de 30 a 60 por audiências femininas das cidades de Covilhã e Lisboa. As quatro entrevistas, realizadas na Cidade da Covilhã, a três ex-operárias têxteis e a uma familiar de proprietários fabris servem para discutir a pertinência da abordagem fenomenológica na observação do quotidiano nos estudos de media, género e recepção.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .