Comunicação organizacional e o poder das narrativas: estratégias discursivas da Samarco

Elizabeth Moraes Gonçalves, Ana Maria Dantas de Maio

Resumo


Tecnologias da informação e comunicação têm motivado organizações a adotar narrativas como estratégias de construção de imagem. Este estudo sugere uma reflexão sobre as narrativas utilizadas pela empresa Samarco depois do desastre ambiental em Mariana (MG). Vídeos com depoimentos de funcionários, da comunidade e de vítimas da tragédia foram produzidos e veiculados na internet pela organização. A análise de discurso desse material revela a apropriação da fala do empregado pela empresa. Também são discutidas a eficácia da adoção da ideia de sustentabilidade nos discursos organizacionais e a incorporação de elementos da comunicação face a face na produção dos vídeos. Conclui-se que a Samarco compartilha a defesa de sua reputação, estabelecendo, no mínimo, um dilema ético.

Palavras-chave


comunicação organizacional, narrativas organizacionais, Samarco.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .