Midiatização da periferia: a transformação do discurso jornalístico nas capas da revista Veja

Camila Hartmann, Ada Cristina Machado da Silveira

Resumo


O artigo analisa a abordagem jornalística na cobertura de acontecimentos envolvendo os espaços periféricos a partir do aumento do poder de compra de seus moradores. O percurso metodológico segue procedimentos que reconhecem a negociação de sentidos integrante do contrato de comunicação. Como objeto empírico de análise elegeram-se duas capas da revista Veja que guardam 13 anos de diferença entre si e evidenciam mudanças no tratamento discursivo do tema. Na capa de 2001, a periferia aparece como um agrupamento de casebres em torno de arranha-céus; já a edição de 2014 exibe um morador de periferia que adquire notoriedade midiática. Como resultado, aponta-se a articulação entre visibilidade noticiosa e visibilidade econômica com vistas a alargar a margem de cobertura de forma a contemplar acontecimentos envolvendo a periferia brasileira.

Palavras-chave


midiatização, periferia, revista.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .