Pós-verdade e comunicação: a circulação simbólica como critério de verdade no mundo contemporâneo

Luiz Signates

Resumo


Este texto pretende situar a noção de pós-verdade em face do debate sobre o especificamente comunicacional. O debate a respeito do assunto tem sido magnificado no mundo contemporâneo, a partir da eleição do conceito como “palavra do ano” pelo Dicionário Oxford, em 2016, mas também pela natureza específica dos conflitos simbólicos presentes nas redes sociais da internet. Nesse sentido, o artigo trabalha, inicialmente, as diferentes concepções da verdade, em perspectiva filosófica, perpassando desde a visada fundacionista até as apreensões pragmáticas, e, em seguida, busca efetuar uma análise consistente da noção, a partir da comunicação. Na sequência, empreende-se uma varredura nas diferentes definições de pós-verdade, a fim de concluir, por fim, por sua natureza especificamente comunicacional e as ampliações que esse enfoque proporciona, para uma compreensão mais consistente desse fenômeno.

Palavras-chave


pós-verdade e comunicação, verdade e comunicação, verdade e circulação simbólica.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .