O impacto da Parceria Transatlântica de Comércio e Investimento (TTIP) para as economias norte-americana e europeia

Mygre Lopes da Silva, Daniel Arruda Coronel, Clailton Ataídes de Freitas, Rodrigo Abbade da Silva

Resumo


O objetivo deste trabalho é verificar o impacto da criação de uma área de livre comércio entre Estados Unidos e União Europeia, Transatlantic Trade and Investment Partnership (TTIP), nas economias dessas regiões. Para tal, utilizou-se o Modelo de Equilíbrio Geral (GTAPinGAMS), a partir da base de dados do Projeto de Análise de Equilíbrio Geral da Economia Brasileira (PAEG). Nesse sentido, foram constituídos dois cenários, o primeiro com a eliminação das tarifas de importação entre UE e EUA, e o segundo aborda a liberalização total de comércio. Os resultados encontrados indicam que os impactos econômicos, no primeiro cenário, seriam mais positivos para os EUA do que para a UE. Contudo, os efeitos do acordo não seriam sufi cientes para a efetivação do TTIP. No segundo cenário, a UE seria a mais beneficiada, pois provoca maiores ganhos de eficiência econômica e sugere a importância dos subsídios na consolidação do bloco.

Palavras-chave: integração regional, comércio internacional, TTIP.


Texto completo: PDF



ISSN: 1808-575X - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues


Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo