A agropecuária na economia brasileira: uma análise de insumo-produto

Airton Lopes Amorim, Daniel Arruda Coronel, Erly Cardoso Teixeira

Resumo


O objetivo deste trabalho é demonstrar, de forma empírica, a importância da agropecuária na estrutura produtiva brasileira. Para isso, utilizou-se o modelo de insumo-produto, já que este instrumental possibilita verificar as ligações entre os setores produtivos por meio dos índices de Rasmussen-Hirschman, campos de influência e índices puros de ligação. O modelo também possibilita determinar os efeitos de variações na demanda final sobre as variáveis analisadas por meio dos multiplicadores. Os resultados empíricos mostram a importância da agropecuária para a economia brasileira, como importante compradora de bens e serviços e geradora de insumos para os demais setores, o que evidencia seu papel de fornecedora de matéria-prima para o desenvolvimento do setor não agrícola e de importante mercado consumidor para os produtos industrializados. No entanto, pela ótica dos multiplicadores, o setor agropecuário gera relativamente menos empregos e, consequentemente, menos renda direta na economia. Em contrapartida, há uma elevada capacidade de multiplicação do emprego e da renda nas demais atividades de mandantes de insumos da produção agropecuária, tais como a indústria de transformação e a indústria extrativa mineral.

Palavras-chave: setor agropecuário, insumo-produto, multiplicadores.


Texto completo: PDF



ISSN: 1808-575X - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues


Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo