Para onde caminham as cooperativas de trabalho da Economia Solidária? Uma análise baseada nos Mapeamentos dos Empreendimentos Solidários

Eliene Gomes dos Anjos

Resumen


Neste estudo quantitativo, investigam-se os rumos trilhados pelas cooperativas de trabalho da Economia Solidária com base nos dados do Segundo Mapeamento Nacional dos Empreendimentos Solidários, realizado pela SENAES, entre 2009 e 2013. As análises realizadas com dados do Primeiro Mapeamento (2005-2007) demonstraram que o trabalho no interior dessas cooperativas assume um sentido emancipatório – uma vez que os/as trabalhadores(as) participam das tomadas de decisão, gestionam coletivamente o empreendimento e se apropriam dos seus resultados –, por outro lado, também impele à intensificação desse trabalho, caracterizado pela instabilidade, aproximando-se, dessa forma, do trabalho precário. Agora, num contexto de redução do desemprego e estabilidade no número de cooperativas de trabalho no Brasil, busca-se verificar se, de fato, estas cooperativas são alternativas de trabalho que asseguram, em alguma medida, os direitos sociais.

Palavras-chave: cooperativas de trabalho, direitos sociais, Economia Solidária.


Texto completo: PDF (Português (Brasil))



Av. Unisinos, 950 - B. Cristo Rei / CEP 93.022-000 - São Leopoldo (RS) Central de Relacionamento Unisinos: +55 (51) 3591 1122 Ext.: 3219

Designed by Jully Rodrigues

 

Licença Creative Commons

This work is licensed under a Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License. Melhor visualizado no Mozilla Firefox