Economia cristã e religiosa política: o “Memorial sobre o governo temporal do colégio de São Paulo”, de Luigi Vincenzo Mamiani

Carlos Alberto de Moura Ribeiro Zeron, Gustavo Velloso

Resumo


O artigo pretende lançar luz sobre uma fonte documental, pouco estudada pela historiografia, que reporta e analisa a situação dos indígenas que trabalhavam no colégio dos jesuítas em São Paulo: o “Memorial” escrito pelo Padre Luigi Vicenzo Mamiani, S.J., em visita àquele colégio por volta de 1700. Após situá-lo em seu particular contexto social, demográfico e intelectual, apresentamos resumida e criticamente sua matéria, explorando algumas aberturas analíticas possíveis. Destacamos existir no texto um uso particular de categorias de cunho temporal para caracterizar e intervir sobre as estruturas materiais da região paulista e, junto a isso, uma vinculação peculiar entre economia, moral e religião. A transcrição da fonte documental segue apensa, ao final do trabalho.

Palavras-chave: Colégio de São Paulo, trabalho indígena, religiosa política.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4013/htu.2015.192.01



ISSN: 2236-1782 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




SCImago Journal & Country Rank Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo