A devolução dos troféus da Guerra da Tríplice Aliança e a “confraternidade argentino-paraguaia” (1954)

Paulo Renato da Silva

Resumo


No início da ditadura do general Alfredo Stroessner, a relação entre Paraguai e Argentina foi fortemente marcada pela reivindicação de elementos histórico-culturais em comum, um dos principais pilares da “confraternidade argentino-paraguaia”. Essa reivindicação marcou a devolução dos troféus da Guerra da Tríplice Aliança aos paraguaios em 1954, quando Juan Domingo Perón ocupava a presidência da Argentina. Consideramos que essa reivindicação histórico-cultural foi fundamental para a Argentina contrabalancear o fortalecimento do Brasil na região, pois buscou aproximar as sociedades argentina e paraguaia, inclusive, sob um discurso “americanista”. Para o Paraguai, essa reivindicação permitiu o desenvolvimento de uma política internacional bidirecional com a Argentina e o Brasil, não necessariamente alinhada com os brasileiros. Porém, não foi um processo isento de tensões. O artigo analisa esse processo no jornal paraguaio Patria, controlado pelo Partido Colorado de Stroessner.

Palavras-chave: peronismo, stronismo, integração latino-americana.


Texto completo: PDF



Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

ISSN: 2236-1782 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




SCImago Journal & Country Rank Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo