Inquisição na Amazônia colonial: reflexões metodológicas

Marcia Eliane Souza e Mello

Resumo


O presente artigo objetiva chamar a atenção para os problemas metodológicos no tratamento analítico dos dados da Inquisição. Para tanto, oferece uma nova abordagem sobre o tema, resultante da utilização ampliada da documentação inquisitorial, buscando contribuir para uma reflexão em torno do uso dessas fontes, ao apresentar uma experiência de pesquisa quantitativa sobre a atuação do Tribunal do Santo Ofício no Estado do Maranhão e Grão-Pará.

Palavras-chave: Inquisição, agentes do Santo Ofício, Amazônia colonial.


Texto completo: PDF



Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

ISSN: 2236-1782 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




SCImago Journal & Country Rank Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo