“Gostaria de se tornar Tenente”: oficiais da Guarda Nacional – um perfil socioeconômico no Brasil Meridional (1850-1870)

Miquéias Henrique Mugge

Resumo


O presente artigo objetiva analisar o corpus de oficiais da Guarda Nacional do Império do Brasil. Dando lugar, portanto, aos homens que participavam dessa instituição, no interstício entre 1850 e 1873, intenta compreender fatores relativos à ascensão nos postos da milícia, especialmente relativos às práticas sociais e interfaces comportamentais de variados sujeitos em um contexto delimitado, cujo cenário é a antiga Colônia Alemã de São Leopoldo, na Província de São Pedro do Rio Grande do Sul. Preocupa-se, portanto, em desvelar jogos de cooperações e conflitos, cuja análise se debruça sobre o oficialato miliciano – com a finalidade de esboçar um perfil socioeconômico dos mesmos.

Palavras-chave: Guarda Nacional, oficialato, ascensão, Império, perfil.


Texto completo: PDF



Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

ISSN: 2236-1782 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




SCImago Journal & Country Rank Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo