As dores e as delícias de lembrar a ditadura no Brasil: uma questão de gênero

Joana Maria Pedro, Cristina Scheibe Wolff

Resumo


As lembranças sobre participação em organizações de esquerda e, inclusive, na luta armada durante a ditadura militar no Brasil têm sido estimuladas pelo momento político no país que, desde meados dos anos noventa, levou ao poder personagens que tiveram destaque nestas lutas de resistência. As narrativas de algumas mulheres têm sido, também, permeadas por avaliações instruídas por suas identificações com o feminismo. Em outros casos, são os próprios familiares que exigem o silêncio. Desta maneira, a memória do passado recente vem formatada por múltiplos constrangimentos.

Palavras-chave: mulheres, relações de gênero, ditadura, memória, silêncio.


Texto completo: PDF



Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

ISSN: 2236-1782 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




SCImago Journal & Country Rank Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo