“O cozinheiro Popular”, a Livraria Quaresma e a divulgação da culinária brasileira no início do século XX

Sônia Maria de Magalhães

Resumo


Este artigo examina o livro culinário como legítima fonte do historiador. A partir dele, é possível fazer ricas interpretações sobre as sociedades e seus aspectos sociais, políticos, econômicos, culturais. A obra analisada, publicada pela livraria Quaresma, contribuiu para a difusão da leitura entendida como popular de cunho nacionalista, com crítica aos modos afrancesados da elite brasileira nas primeiras décadas da República. Com várias edições e milhares de tiragens ao longo do século XX, O Cozinheiro Popular empenhou-se na tarefa de elaborar o sentido de cozinha nacional na conciliação entre a unidade territorial e a diversidade regional.

Texto completo: PDF



Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

ISSN: 2236-1782 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




SCImago Journal & Country Rank Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo