Livro de mesa: conexão entre produto de nicho e público de massa

Francisco S. Barbosa da Silva

Resumo


Este artigo tem como objeto de análise a linha editorial dos livros de mesa ou, como são conhecidos no mercado, coffee table books – denominação utilizada para definir uma categoria de livros com acabamento artístico e luxuoso que privilegia as imagens, e, por esse perfil estético-midiático, ficam expostos para consultas ocasionais, em vez de acomodados ou escondidos em estantes. A hipótese com a qual trabalhamos é a de que, embora considerados produtos segmentados, esses títulos, aqui simbolizados principalmente pelas obras da editora Taschen, se valem de recursos da comunicação de massa na sua concepção, a fim de que seu corpo se sobressaia no ambiente em que serão mostrados. Para que tenham apelo junto à circunstancial porém potencialmente ampla gama de leitores, tendem a trazer, além de apresentação impecável, temas e/ou assinatura de autores de reconhecimento público.

Palavras-chave: livro de mesa, coffee table book, corpomídia, Taschen.


Texto completo: PDF



ISSN: 1984-8226 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-750. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues


Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo