“Povo”, “popular”, “people(’s)”: efeitos de minoração e facilitação de leitura em enciclopédias ditas populares

Phellipe Marcel da Silva Esteves, Jessica Siqueira Alvarenga

Resumo


Neste artigo, nos debruçaremos sobre os efeitos de sentido dos significantes “povo” e “people” (além de outros em remissão a eles), em enciclopédias, quando em interação com alguns adjetivos, com a finalidade de analisar como a ideologia os vai trabalhando e constituindo sentidos evidentes para eles em instrumentos que referendam – ou podem referendar – as ideologias dominantes. Nosso objetivo, portanto, se insere numa tradição de trabalhos que analisam como se constituem, se formulam e circulam os sentidos do significante (e da categoria) “povo” (como Orlandi, 2003 e Lima, 1990), visto que muito ainda há a ser produzido sobre a temática no entrecruzamento dos estudos de linguagem e de outras áreas. Buscando compreender o que significa “povo” quando se autointitula “popular”, elegemos como material de análise duas enciclopédias escritas em línguas diferentes, mas publicadas na mesma década: a Chambers’s Encyclopaedia: a Dictionary of Universal Knowledge for the People, volume I, edição de 1871, e a Encyclopedia popular, de 1879. Como aparato teórico, trabalharemos com a análise do discurso fundada por Michel Pêcheux, sobretudo com categorias como arquivo e imaginário. Ainda evocaremos as definições dos verbetes “povo”, do Dicionário Aurélio, e “people”, do Cambridge Dictionary Online. Por fim, verificamos que o discurso sobre o “povo”, sobre o “popular”, sobre aquilo que a enciclopédia Chamber’s chama da “common people”, opera como uma mesma regularidade de sentidos, como uma espécie de paráfrase que divide os Estados em classes sociais que acabam sendo associadas não apenas ao poderio de capital, mas às capacidades intelectuais.

Palavras-chave: enciclopédias populares; povo; análise do discurso.

 


Texto completo: PDF



ISSN: 2177-6202 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122

Projeto gráfico: Jully Rodrigues


 

SCImago Journal & Country Rank Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo