A Formação no Seminário do Programa de Português para Estrangeiros da Universidade Federal do Rio Grande do Sul: uma modalidade híbrida de aprendizagem do professor-autor

Autores

  • Everton Vargas da Costa Atualmente é Professor Leitor do Ministério de Relações Exteriores na Universidade de Harvard (Cambridge, MA - EUA) e Professor Visitante na Framingham State University (Framingham, MA - EUA).

Resumo

Este trabalho analisa a participação no seminário de formação de professores no Programa de Português para Estrangeiros (PPE) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, a partir da observação de eventos de formação (Costa, 2018). Partindo de uma visão de formação de professores como aprendizagem e reflexão conjunta (Nóvoa, 1995), assume-se que os professores produzem experiências significativas e agem como profissionais reflexivos (Schön, 2000; Perrenoud, 2002), desenvolvendo sua formação com conhecimentos de ordem teórica e prática e participando em comunidades de prática, onde conhecimento e identidades são construídos conjuntamente entre pares (Wenger, 1998). A análise qualitativa dos dados permite afirmar que o seminário do PPE é um espaço tipicamente híbrido de formação docente (Zeichner, 2010), no qual a participação em eventos de formação indica que trabalhar está a serviço do ensino e da aprendizagem dos alunos, mas também a serviço da aprendizagem dos professores. Além disso, identifica-se que a participação nos seminários é em grande medida uma oportunidade de construção da autoria do professor. Nessa modalidade, os professores são constantemente convidados a responder pelas atividades em que se engajam e assumem a responsabilidade pela singularidade que produzem (Garcez e Schlatter, 2017).

Palavras-chave: aprendizagem; etnografia; formação de professores.

 

Biografia do Autor

Everton Vargas da Costa, Atualmente é Professor Leitor do Ministério de Relações Exteriores na Universidade de Harvard (Cambridge, MA - EUA) e Professor Visitante na Framingham State University (Framingham, MA - EUA).

Graduado em Letras Licenciatura (Português/ Inglês) pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2005), possui Mestrado em Linguística Aplicada (2013) e Doutorado em Linguística Aplicada (2018) pela mesma universidade. Pesquisa sobre práticas de formação de professores pela lente da etnografia.

2013 - dissertação de mestrado "Práticas de formação de professores de Português Língua Adicional em um instituto cultural brasileiro no exterior"

2018 - tese de doutorado "Eventos de formação de professores de português língua adicional: a organização das práticas e as trajetórias de participação em um estudo interpretativo sobre aprender a ensinar&quot"

Já atuou como Professor Substituto no Instituto Federal do Rio Grande do Sul (Porto Alegre, RS - Brasil), como Professor Bolsista do Programa de Português Para Estrangeiros da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Porto Alegre, RS - Brasil) e como Professor do corpo docente do Instituto Brasileiro-Equatoriano de Cultura (Quito, Equador). Já integrou a equipe de elaboração e correção do Exame Celpe-Bras, no Instituto Nacional de Pesquisas e Avaliações Educacionais Anísio Teixeira (Brasília, DF - Brasil). É membro do Board of Directors do David Rockefeller Center of Latin American Studies, na Universidade de Harvard e membro da American Organization of Teachers of Portuguese.

Downloads

Publicado

2019-04-15

Como Citar

da Costa, E. V. (2019). A Formação no Seminário do Programa de Português para Estrangeiros da Universidade Federal do Rio Grande do Sul: uma modalidade híbrida de aprendizagem do professor-autor. Calidoscópio, 17(1), 78–96. Recuperado de http://www.revistas.unisinos.br/index.php/calidoscopio/article/view/cld.2019.171.05

Edição

Seção

Artigos