A abordagem da categoria Modalidade em livros didáticos de Espanhol e de Francês Língua Estrangeira: uma análise comparatista

Alexandra Maria de Castro e Santos Araújo, Márluce Coan, Valdecy de Oliveira Pontes

Resumo


Neste artigo, em que assumimos os pressupostos teóricos do funcionalismo norte-americano, analisamos o tratamento dado à categoria Modalidade por livros didáticos de Língua Espanhola e de Língua Francesa. Para o desenvolvimento da pesquisa, objetivamos responder a seguinte questão: a Modalidade é tratada no contexto comunicativo considerando-se a interpretação pragmático-discursiva? Os resultados mostraram que não há referência expressa ao estudo da categoria Modalidade, mas há indícios de utilização de mecanismos para codificar noções de obrigação, bem como utilização de tempos e expressões verbais a serviço da modalização, os quais merecem atenção, considerando-se a relevância de abordagens de cunho pragmático-discursivo no ensino de línguas.

Palavras-chave: livro didático, modalidade, ensino de língua espanhola e de língua francesa.


Texto completo: PDF



SCImago Journal & Country Rank

ISSN 2177-6202