O ensino pragmático da voz passiva

Luciano Amaral Oliveira

Resumo


O presente texto apresenta uma análise da voz passiva, do tipo “ser + particípio passado de outro verbo”, baseada em três gramáticas do português e três gramáticas do inglês para que sejam identificados problemas na forma como ela é apresentada em gramáticas do português e na maneira como ela é ensinada nas escolas brasileiras. Com base nessa análise, são oferecidas sugestões para o ensino da voz passiva para que o professor possa incorporar a dimensão pragmática à sua prática, abordando as razões para se usar a voz passiva e os tipos de texto em que a voz passiva tende a ocorrer com mais freqüência.

Palavras-chave: voz passiva, ensino do português, dimensão pragmática.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4013/6481



SCImago Journal & Country Rank

ISSN 2177-6202