Aprendizagem mediada por computador à luz da Teoria da Atividade

Vilson J. Leffa

Resumo


Este trabalho investiga uma experiência de capacitação de professores de línguas no uso do computador como ferramenta para a produção de materiais de ensino. Setenta e três professores, de diferentes estados do Brasil, são acompanhados em quatro cursos, sendo três presenciais e um à distância. A interação dos professores com o computador, tutores e colegas é registrada através de notas de campo, relatos escritos pelos professores-alunos, entrevistas, emails, sessões de bate-papo virtual e postagens nos fóruns. Os procedimentos constaram de conferências, ministradas pelo professor, sessões de laboratório, com aulas práticas de produção de materiais e sessões de demonstração, em vídeo ou pelos tutores dos cursos, mostrando os objetivos de cada uma das atividades e os passos que deveriam ser seguidos para sua produção. Os dados foram analisados à luz da Teoria da Atividade, considerando o papel da consciência do objetivo da tarefa executada, o esforço despendido na apropriação do instrumento e a interação com os colegas e demais membros da comunidade em que estavam inseridos os professores. Os resultados mostraram que os professores mais bem sucedidos em cada um dos cursos foram aqueles que conseguiram ter uma visão clara do objetivo, demonstraram um melhor domínio da ferramenta usada e buscavam a ajuda de colegas e tutores para resolver os problemas encontrados. A conclusão é de que a Teoria da Atividade prevê e explica de modo adequado cada um desses aspectos.

Palavras-chave: EAD, aprendizagem mediada por computador, Teoria da Atividade.

Texto completo: PDF



SCImago Journal & Country Rank

ISSN 2177-6202