A unidade da lingüística

Dominique Maingueneau

Resumo


Este artigo estuda o problema da unidade do campo lingüístico, constantemente dividido entre os pesquisadores que reivindicam a “língua” e os que reivindicam o “discurso”. Tenta-se mostrar que esta oposição é irredutível, que a lingüística está submetida a dois tipos de pesquisa de natureza diferente: “a abordagem A” e a “abordagem A’”, a primeira levando em conta um “plano gramatical” e a segunda um “plano hipergramatical”.

Palavras-chave: lingüística, língua, discurso.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4013/5259



SCImago Journal & Country Rank

ISSN 2177-6202