Discursos e identidades de gênero na alfabetização de jovens e adultos e no Ensino Especial

Izabel Magalhães

Resumo


O propósito deste artigo é apresentar resultados de minha pesquisa sobre identidades de gênero na alfabetização de jovens e adultos e no Ensino Especial. A discussão que faço aqui está situada no campo dos estudos de gênero e linguagem, focalizando discursos e letramentos. A metodologia adotada é etnográfico-discursiva, com análise de dados coletados em um curso de formação de professores, em que participantes realizaram pesquisa em sala de aula, e dados gerados em entrevistas com professores e professoras (Magalhães, 2000a, 2006a, 2006b; Resende, 2008). O principal resultado do estudo aponta identidades múltiplas, heterogêneas, em discursos de gênero que se opõem, mas também podem mesclar-se em formas de co-existência. É preciso destacar, porém, que as identidades de gênero são construídas em relações desiguais de poder nas práticas sociais.

Palavras-chave: identidades de gênero, discursos, letramentos, alfabetização de jovens e adultos, Ensino Especial.

Texto completo: PDF



SCImago Journal & Country Rank

ISSN 2177-6202