Por uma Linguística Aplicada mais inclusiva

Maria do Carmo Leite de Oliveira

Resumo


Este artigo aprofunda discussão iniciada na Aula Inaugural ministrada para o Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada e para o Curso de Letras da Universidade do Vale dos Sinos (Unisinos), sobre a equivalência, quanto à relevância social entre os diferentes campos da Linguística Aplicada e os temas de sua agenda política. Partindo da minha experiência em pesquisas na área das organizações empresariais, desenvolvidas com o apoio do CNPq, busco mostrar como esse cenário é fértil para construir e universalizar conhecimento científico de relevância prática, contribuindo para o desenvolvimento das pessoas, a eficiência das empresas e, consequentemente, a competitividade do país.

Palavras-chave: Linguística Aplicada, estudos organizacionais, desenvolvimento nacional.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4013/4861



SCImago Journal & Country Rank

ISSN 2177-6202