A morte como categoria política: o caso TAM

Tatiana Piccardi

Resumo


Este trabalho visa a uma incursão no universo das categorias ditas universais, buscando averiguar se a morte, como categoria política, poderia ocupar o lugar de categoria universal (o termo “universal” é definido adiante). A base para esta incursão é de cunho linguístico/discursivo, o que equivale a dizer que a refl exão proposta parte da observação das práticas discursivas de falantes em situações ou contextos em que a morte está fortemente presente e o processo de luto (individual ou social) se instala.

Palavras-chave: morte, discurso, forças hegemônicas, luto, silenciamento.


Texto completo: PDF



SCImago Journal & Country Rank

ISSN 2177-6202