O papel do centro histórico na estrutura das cidades contemporâneas – o caso de Porto Alegre, Brasil

Clarice Maraschin, Gilberto Flores Cabral

Resumo


Na dinâmica de transformação das cidades, os centros históricos geralmente atravessam diversas fases, incluindo desde momentos de forte crescimento, seguidos por processos de descentralização, perda de população e de algumas funções dinâmicas, abrindo caminho para as conhecidas estratégias de revitalização. Este artigo problematiza a importância e o papel dos centros históricos nas cidades contemporâneas brasileiras, a partir do caso de Porto Alegre, RS, Brasil. Inicialmente, o quadro teórico situa as transformações sócio-espaciais que incidem sobre os centros das grandes cidades, principalmente nos últimos 40 anos, bem como algumas das principais teorias e modelos voltados à compreensão de tais processos. Na sequência, o trabalho aborda o Centro Histórico de Porto Alegre, apresentando alguns indicadores importantes para a análise da sua dinâmica e vitalidade. As conclusões apontam para a resiliência e vitalidade do Centro Histórico de Porto Alegre, destacando alguns elementos considerados importantes para tal condição.

Palavras-chave: centro histórico, estrutura urbana, vitalidade.


Texto completo: PDF



ISSN: 1808-5741 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122

Os croquis utilizados no banner (da esquerda para a direta): Pavilhão do Brasil na Expo 70 (Osaka, Japão) e Museu Brasileiro da Escultura (MuBE) do arquiteto Paulo Mendes da Rocha©.

Projeto gráfico: Jully Rodrigues



SCImago Journal & Country Rank Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo