Terminologia usada na fabricação digital, nas indústrias do produto e da construção

Marcelo Eduardo Giacaglia, Arthur Hunold Lara, Norberto Corrêa da Silva Moura

Resumo


Este trabalho trata inicialmente de modelos na manufatura, seguido de processos na indústria do produto e finalmente de processos na indústria da construção. Ainda que o controle numérico na usinagem tenha sido introduzido nos anos 1950, CAE/CAM nos anos 1970, e a prototipagem rápida em meados dos anos 1980, seu uso na indústria da construção é recente. Em nossa pesquisa, verificou-se que palavras como mock-up, protótipo e produto têm significados claramente estabelecidos, especialmente na manufatura. Também, que os processos de manufatura não podem ser simplesmente classificados como aditivos ou subtrativos e que o tipo de modelo físico produzido não é determinado pela tecnologia de manufatura utilizada. Este texto faz uso do inglês para estabelecer a terminologia e as estruturas de classificação corretas acerca de processos e modelos, principalmente porque os textos oriundos das comunidades de língua inglesa, mormente na indústria da construção, apresentam menor número de equívocos. Traduções dos termos para outros idiomas são feitas, onde necessário.

Palavras-chave: AEC, fabricação digital, modelos na manufatura, processos de manufatura.


Texto completo: PDF (English)



ISSN: 1808-5741 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122

Os croquis utilizados no banner (da esquerda para a direta): Pavilhão do Brasil na Expo 70 (Osaka, Japão) e Museu Brasileiro da Escultura (MuBE) do arquiteto Paulo Mendes da Rocha©.

Projeto gráfico: Jully Rodrigues



SCImago Journal & Country Rank Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo